Frete GRÁTIS acima de R$399,00 para Sul, Sudeste, DF | 6x Sem juros | Brinde na 1ªCompra | Entrega Brasil e Exterior*| Compre pelo Whatsapp +55 51 98110-0914

Como Nossa Senhora de Aparecida tornou a padroeira do Brasil?

Decorar e presentear com a imagem de Nossa Senhora Aparecida é um ato de amor e fé. Conheça a história desta santa milagrosa, padroeira do Brasil. Referência de amor e fé!

HISTÓRIA
Uma das versões conta que, em outubro de 1717, pescadores de Porto de Itaguaçu, na região de Guaratinguetá, atual estado de São Paulo, foram convocados pelas autoridades locais para pescar muitos peixes que seriam oferecidos um banquete para Dom João VI, rei de Portugal e do Brasil.
Naquela noite, porém, os peixes haviam desaparecido do rio. Já era meia-noite, os pescadores não tinham conseguido pegar nada.
Todos voltaram para casa, menos três, que decidiram persistir.
Aconteceu que um deles pescou o tronco de uma imagem da Virgem Maria, enquanto outro pescou a cabeça.

*Cena representada no novo Museu de Cera Sacro. Crédito: Divulgação

Como um milagre, depois destes achados, os peixes voltaram ao rio em abundância e os pescadores encheram seus barcos com eles.
A estátua encontrada no rio representava Nossa Senhora da Conceição, mas ganhou o nome de Nossa Senhora Aparecida por ter surgido, ou aparecido, dessa forma surpreendente.
A imagem era de cor preta e media cerca de 40 centímetros. Originalmente, pensava-se que fosse de madeira, porém mais tarde descobriu-se que era feita de terracota que e tendo ficado muito tempo na água acabou escurecendo.

Conservada em uma pequena capela começou atrair uma quantidade de romeiros muito grande pelos inúmeros relatos de milagres da imagem de Nossa Senhora e em pouco tempo o local se transformou em uma cidade: Aparecida do Norte.

A BASÍLICA
A Basílica de Nossa Senhora Aparecida tem o nome de Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, a maior igreja católica do Brasil e uma das maiores do mundo.
Mas nem sempre foi assim.                                                                       
Segundo alguns historiadores, a devoção a Nossa Senhora Aparecida, demorou para efetivar e se espalhar pelo Brasil.
Os missionários da Congregação Redentorista, que se instalaram em Aparecida em 1895, tiveram grande papel na divulgação nacional dessa devoção.



Como Nossa Senhora Aparecida se tornou Rainha do Brasil?


Em 1868, a Princesa Isabel, que estava tendo dificuldades para ter um filho, foi até Aparecida pedir a intercessão da Mãe de Deus. Pouco tempo depois suas orações foram atendidas de forma abundante: a princesa teve três filhos, que garantiriam a sucessão imperial. Como forma de agradecer a graça alcançada, a princesa retornou a Aparecida em novembro de 1888 e doou uma coroa de ouro cravejada de diamantes e rubis e um manto azul.
Esta mesma coroa foi utilizada em 1904 durante uma cerimônia oficial na qual um representante do Papa a coroou oficialmente como Rainha do Brasil. Alguns historiadores acreditam que o ocorrido teve forte influência da Princesa Isabel junto ao Vaticano. Mas essa coroação não tornou Nossa Senhora Aparecida padroeira oficial do Brasil. Em 16 de julho de 1930, através de um decreto do Papa Pio XI, ela foi reconhecida como padroeira do Brasil.
O ato apenas legitimou algo que os brasileiros já levavam no coração.
Em 31 de maio de 1931, a imagem foi em romaria até o Rio de Janeiro, então capital federal, onde foi realizada uma Missa Solene na qual se oficializou o decreto papal. No dia 30 de junho de 1980, data na qual João Paulo II desembarcava pela primeira vez no Brasil, o presidente João Figueiredo declarou,  a partir do decreto de Lei n° 6.802, 12 de outubro como feriado nacional para culto público e oficial a Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil.
Atualmente Aparecida é o principal ponto de turismo religioso do país, reunindo anualmente por volta de 12 milhões de romeiros.

DEVOÇÂO

Maria é uma ponte para chegar seguramente ao Céu, e que por isso, era necessário cultivar no coração um amor particular por Nossa Senhora.
Foi este  Santo Afonso, devoto de Maria  disse que o “verdadeiro devoto de Maria não se perde”. Para ele, o devoto que não se perde é o sincero e que tem o coração arrependido cultiva uma sincera devoção busca crescer no caminho da fé.
Quem é devoto de Maria precisa tê-la como referência de vida e buscar testemunhar publicamente seu amor por Ela, crescendo assim em seu conhecimento e sendo um propagador de sua devoção para que ela seja cada vez mais amada.
Um devoto de Nossa Senhora Aparecida pode e deve ter em casa uma imagem desta devoção em destaque na sua vida e na sua casa, tê-la sempre perto de si como sua referência.
A Visita ao Santuário de Aparecida
A visita ao Santuário de Aparecida promove e cresce no devoto sua fé e testemunha seu amor para com Ela.
Existem igrejas que possuem o título de santuário e oferecem, de forma privilegiada, uma experiência religiosa e de conversão. O devoto vive a experiência de um mistério que o supera, não só da transcendência de Deus, mas também da Igreja, que transcende sua família e seu bairro.
No Santuário de Aparecida, muitos devotos e peregrinos tomam decisões que marcam suas Vidas.
No site patriciamaranhao.com você encontra a imagem de Nossa Senhora Aparecida estilo moderno e contemporâneo. 

        

Se você é devoto da padroeira do Brasil, confira nos objetos de madeira decorativos. Decore e presenteie com amor, brasilidade, arte e fé!

Deixe um comentário