Frete Grátis Sudeste, Sul, Mts, Mt e DF* acima 399,00| 3 x Sem juros | Brinde na 1ªCompra | Entrega Brasil e Exterior*| Compre pelo Whatsapp +55 51 98110-0914

Estatueta  Potira ( Flor ) Inspiração Abaporu
Estatueta  Potira ( Flor ) Inspiração Abaporu
Estatueta  Potira ( Flor ) Inspiração Abaporu
Estatueta  Potira ( Flor ) Inspiração Abaporu
Estatueta  Potira ( Flor ) Inspiração Abaporu
  • Carregar imagem no visualizador da galeria, Estatueta  Potira ( Flor ) Inspiração Abaporu
  • Carregar imagem no visualizador da galeria, Estatueta  Potira ( Flor ) Inspiração Abaporu
  • Carregar imagem no visualizador da galeria, Estatueta  Potira ( Flor ) Inspiração Abaporu
  • Carregar imagem no visualizador da galeria, Estatueta  Potira ( Flor ) Inspiração Abaporu
  • Carregar imagem no visualizador da galeria, Estatueta  Potira ( Flor ) Inspiração Abaporu

Estatueta Potira ( Flor ) Inspiração Abaporu

Preço normal
R$ 379,00
Preço promocional
R$ 379,00
Preço normal
Esgotado
Preço unitário
por 
Taxas incluídas.

Design Sérgio Maranhão 


Objeto escultura releitura de grandes obras, do design  Sérgio Maranhão são releituras e homenagens para movimentar a difusão de obras fantásticas.  Uma peças com história para espaço de destaque.  A obra Abaporu da artista Tarsila do Amaral é umas das obras mais emblemáticas da história do Brasil. Aqui ela se levanta para tirar uma selfie! Decore com brasilidade e arte.
 
*Criado por Tarsila do Amaral - pintora, desenhista e tradutora brasileira da fase antropofágica do movimento modernista – o quadro foi pintado á óleo no ano 1928 e dado de presente á seu marido Oswald de Andrade.
A escolha das cores, formas e perspectiva da obra reflete o desejo de mostrar o Brasil em sua essência.  Batizada de ABAPORU por Oswald de Andrade, a partir da junção do vocabulário Tupi ABA (homem), PORA (gente) e Ù (comer) traduz-se ‘O homem que come gente’.
Neste trabalho, Tarsila retrata uma figura humana sentada em uma paisagem árida e ensolarada. Os membros de tamanho exagerado se sobressaem em detrimento do tamanho da cabeça. Este recurso, que recebeu o nome de gigantismo, representava o trabalho braçal e a cabeça menor indicava a suposta falta de pensamento crítico, fazendo ser vista como uma crítica social.  Os tons remetem à brasilidade, com destaque para o verde, amarelo e azul, cores da bandeira do Brasil. Os cactos e o sol fazem alusão direta à região nordeste e a cabeça apoiada na mão e o cotovelo na perna indicam abatimento, infelicidade, apatia e depressão.


 
Tamanho: 24 x 13 x 4.5 cm   

Material:
Madeira e acrílico.

Tags: Toy art